Início » Dicas Para Celular » Como funciona o seguro de celular? Veja aqui!

Como funciona o seguro de celular? Veja aqui!

Quem possui um celular sabe que existe o risco de ser roubado, seja na rua, no trabalho, em um estabelecimento ou até mesmo de perder o mesmo, principalmente com a correria do dia a dia.

Se você não quer correr o risco e sabe que não possui o valor necessário para arcar com um aparelho novo, veja aqui como funciona o seguro para celular, quais são as coberturas proporcionadas e mais.

Não deixe de ficar por dentro dessa simples aquisição que pode garantir menos dor de cabeça para quem vê o smartphone não somente como um meio de comunicação, mas também uma ferramenta de trabalho.

Como funciona o seguro de celular? Veja aqui!

Como funciona o seguro de celular? Veja aqui!

Os seguros de celular não são novidade no mercado de compras, mas, é preciso entender bem como funciona cada um deles, garantindo assim a qualidade da compra e do uso do mesmo, evitando possíveis problemas posteriores

O seguro costuma cobrir a perda do celular por acidentes, por roubos e demais possibilidades. Mas, antes de mais nada, é preciso que você entenda sobre a necessidade de pagar uma taxa de franquia, veja aqui como funciona.

O valor desta contratação costuma variar de acordo com cada seguradora, mas geralmente fica em torno de 15 até 20% do valor do seu aparelho, sendo dessa forma, dividido em até 12 vezes, como uma mensalidade de segurança para seu aparelho.

Para que o valor do seguro seja preciso, é comum que as empresas peçam a nota fiscal do seu modelo, assim como a data de aquisição, fazendo o cálculo. Dessa forma, se está pensando em contratar esse serviço, tenha em mãos a nota fiscal de compra.

Quando o seguro pode ser acionado?

É preciso que você tenha noção de quais são as ocasiões em que o seguro cobrirá o celular, principalmente que elas podem variar entre seguradoras, portanto, leia bem o contrato antes de assinar.

As coberturas mais comuns costumam solicitar a causa do dano de acidentes externos, além de outros casos como roubo com ameaça. Desta forma, será necessário pagar algumas coberturas, visto que a indenização só será paga caso esteja dentro dos itens especificados no contrato.

Você tem a possibilidade de três modalidades no seguro:

  • Seguro contra roubo ou furto qualificado;
  • Seguro contra quebra de acidente;
  • Seguro completo – que cobre as duas situações citadas anteriormente.

Quando acontece a constatação de mau uso ou descuido do usuário, o seguro não irá cobrir. Além disso, extravio ou furto considerado simples não são cobertos pelas seguradoras, mas tudo isso é preciso de ser verificado nas especificações da contratação da seguradora.

Como solicitar minha indenização?

Como solicitar minha indenização?

É preciso primeiro entrar em contato com a seguradora e explicar a ocorrência, enviando os documentos que comprovem o acontecido (seja o boletim de ocorrência, filmagens e demais provas), além de demais informações presentes em sua apólice.

Quando o assunto são danos acidentais, é preciso que você tenha em mãos a nota fiscal do aparelho. De forma a evitar possíveis fraudes e falsificações, a empresa pode solicitar demais documentos adicionais, de forma a verificar as ocorrências e assim, ter certeza se os requisitos ali presentes estão dentro da apólice.

É interessante que você saiba que quanto antes esses documentos sejam enviados para a seguradora, mais rápido será feita a indenização e assim a resolução do problema.

Como funciona o ressarcimento nos casos mais comuns?

Quando o aparelho é roubado ou classificado como furto qualificado, o cliente receberá um smartphone novo. Por isso, é importante saber que o contrato poderá limitar o valor a ser recebido, conforme o modelo registrado na Nota Fiscal.

Em casos de quebra causada por acidentes, a seguradora indicará uma assistência técnica da qual o aparelho deve ser levado. Assim, os danos serão verificados se o contrato vai cobrir os acidentes causados, sugerindo possíveis reparos e também valores.

Com a concordância sobre o recebimento da indenização, a seguradora arcará com os cursos do conserto, sendo que caso não seja possível, será feita a substituição do mesmo. O valor da indenização será designado de acordo com a seguradora.

Com as informações completas sobre como funciona o procedimento de indenização, de contratação e cuidados necessários antes de fechar o negócio com uma seguradora específica, agora você precisa procurar aquela que melhor faça a cobertura dos serviços que deseja obter, portanto, fique por dentro.

Comente